Linha 4

Publicidade

HU restringe atendimento ambulatorial para se concentrar no combate ao coronavírus

Redação Tarobá News

A direção do Hospital Universitário (HU/UEL) determinou a suspensão dos atendimentos no Ambulatório de Especialidades (AEHU) a partir de quarta-feira (3). 

A medida vai afetar a assistência a pacientes nas áreas de Medicina, Enfermagem, Nutrição, Serviço Social, Psicologia, Farmácia e Bioquímica e Fisioterapia, mas os atendimentos considerados essenciais serão mantidos.   

A suspensão tem como objetivo direcionar os servidores das áreas administrativas e assistenciais para o HU, que trabalha com alta demanda em função do crescimento dos casos de coronavírus. Férias e licenças concedidas a funcionários até 8 de março também foram suspensas. 

 Confira na íntegra a nota do Hospital Universitário:

Como é de conhecimento de toda a população, o HU-UEL vem passando por muitas dificuldades decorrentes do aumento expressivo do número de casos graves de pacientes acometidos pela infecção Humana do Novo Coronavírus -COVID-19, com altas taxas de ocupação e números crescentes e alarmantes de pacientes intubados, muitos deles aguardando vagas de UTI, aguardando inclusive transferência para outros Hospitais.

O HU-UEL não vem medindo esforços no sentido de manter toda a sua estrutura rigidamente organizada, com profissionais qualificados nos muitos postos de trabalho, que vão desde a Portaria até as Unidades de alta complexidade como as UTIs COVID, mantendo ativos os seus 454 leitos.

O Hospital tem vivenciado dificuldades extremas na contratação de profissionais de saúde para o incremento das equipes de trabalho, dado que o aumento da demanda por serviços decorrentes da pandemia aumentou consideravelmente em toda a região. Isto, sem contar o adoecimento de muitos servidores que terminaram por serem também acometidos pela COVID-19.

Por essa razão, a Direção do Hospital determinou na presente data a RESTRIÇÃO DOS ATENDIMENTOS AMBULATORIAIS NO AEHU A PARTIR DE 03103 PRÓXIMO VINDOURO, ficando restritos os mesmos aos casos imprescindíveis, em áreas essenciais.

Assim, servidores das áreas administrativas e assistenciais do AEHU serão remanejados para o HU, assim como férias e licenças concedidas até dia 08/03 foram suspensas.

Entretanto, o Hospital reitera insistentemente à toda a população da Macrorregião Norte do Paraná, que faça a sua parte de maneira a se preservar do acometimento da doença, uma vez que a situação de colapso é iminente, caso a situação da pandemia não se apresente com a perspectiva de controle.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade