Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Saúde continua vacinando crianças contra poliomielite nas escolas durante a semana

13/09/22 às 13:06 - Escrito por Redação Tarobá News

Com objetivo de aumentar a cobertura vacinal contra a paralisia infantil, também chamada de poliomielite ou pólio, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Londrina prossegue vacinando crianças de 1 a 4 anos, público-alvo da campanha de imunização, nas unidades escolares municipais e também particulares que possuem crianças com esta faixa etária. 


A iniciativa também foi realizada na última semana, na quinta (7) e sexta-feira (8), ocasião em que foram vacinadas 1.227 crianças. A dose da vacina administrada para as crianças nas escolas só é dada mediante autorização dos pais ou responsáveis.


A SMS também realizou ações de vacinação descentralizadas em três shoppings da cidade (Catuaí, Boulevard e Londrina Norte), na quarta-feira (7), feriado da Independência, e no último sábado (10), onde foram administradas, nos dois dias, 991 doses da Vacina Oral Poliomielite (VOP), de gotinha. Por meio das ações nos shoppings e escolas, 2.218 crianças foram vacinadas contra a paralisia infantil.


O  secretário de Saúde, Felippe Machado, disse que as ações realizadas fora das dependências da SMS foram positivas, por isso a vacinação prosseguirá nas unidades escolares, inclusive as privadas . “A Prefeitura tem se esforçado bastante para conseguir atingir o objetivo de vacinar 95% do público-alvo, por isso nossas equipes continuarão visitando escolas e creches que têm crianças de 1 a 4 anos, para que possamos vacinar o maior número de crianças possíveis, a fim de preveni-las da paralisia infantil, uma doença tão grave”, apontou.


Do início da campanha, no dia 8 de agosto, até agora, foram aplicadas 9.722 doses da vacina contra paralisia infantil em Londrina. Elas representam 35,02% da cobertura vacinal. A campanha prossegue até o dia 30 de setembro, devido à prorrogação pelo Ministério da Saúde (MS). A intenção é vacinar, pelo menos, 95% do público-alvo, em Londrina estimado em 30 mil crianças de 1 a 4 anos.


Também é possível se vacinar contra a paralisia infantil em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Londrina, as quais atendem de segunda a sexta-feira das 7h às 19h. Para receber a dose, basta se dirigir até a UBS mais próxima e não é mais necessário agendar. Clique aqui para consultar a lista completa com os endereços e telefones de contato das UBSs. No ato da vacinação, a criança e o adolescente devem portar um documento pessoal com foto ou certidão de nascimento, além da carteira de vacina.


A campanha nacional de multivacinação também foi prorrogada até ao dia 30. Seu objetivo é atualizar a carteira de vacinação de crianças e adolescentes de zero a 14 anos, de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação. As doses também são disponibilizas nas UBS, sem precisar agendar.


As vacinas disponíveis na campanha são: Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, Rubéola, Caxumba), Tetraviral (Sarampo, Rubéola, Caxumba, Varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).


Para os adolescentes, estão disponíveis as vacinas HPV, dT (dupla adulto), Febre amarela, Tríplice viral, Hepatite B e Meningocócica ACWY (conjugada). As vacinas têm indicação específica para cada idade, assim como para quem não tem o esquema completo, integram o Programa Nacional de Imunizações (PNI) e estão registradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

© Copyright 2022 Grupo Tarobá