Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Secretário de Saúde explica como será o Plano de Imunização de Cascavel; veja o cronograma

18/01/21 às 17:57 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

O secretário de Saúde de Cascavel, Thiago Stefanello, falou nesta segunda-feira (18), sobre o plano municipal de vacinação. Segundo ele, o plano foi desenvolvido por técnicos da Secretaria de Saúde e segue um cronograma junto ao Governo Estadual e Federal. 

Nesta primeira fase, Cascavel receberá 4.837 doses da vacina, como a imunização acontece em duas etapas, apenas 2.443 pessoas receberam a vacina, sendo elas, idosos acima de 60 anos que vivem em instituições de acolhimento, profissionais da saúde que trabalham em UTIs Covid-19 e trabalhadores do Samu que trabalham diretamente com atendimento de pacientes. 

A divisão para imunização dos profissionais da saúde deve seguir um cronograma priorizando aos que tem maior risco de contaminação. Seguindo a ordem de: 

Leia mais:

Imagem de destaque
871 CONFIRMAÇÕES

Regional de Londrina é líder em casos de dengue no Paraná, segundo boletim

Imagem de destaque
PROTEJA-SE

Saúde disponibiliza novas doses da vacina bivalente para grupos prioritários

Imagem de destaque
REDE PÚBLICA

Criança terá que esperar por consulta com cardiopediatra até março de 2024

Imagem de destaque
EXPECTATIVA EM ALTA

Secretaria de Saúde entrega mais de 200 aparelhos auditivos em Londrina

• 1º Vacinadores/ aplicadores de vacinas contra a COVID-19; 

• 2º Hospitais e serviços de Urgência e Emergência de referência para COVID-19, público e privados (HUOP, Hospital de Retaguarda, Hospital São Lucas, Hospital do Coração, Hospital Policlínica, Hospital Dr. Lima, UOPECCAN, CEONC, UPA´s, SAMU); 

• 3º Trabalhadores de centros de atendimento a COVID-19 (Ambulatório do Hospital de Retaguarda, UBS Santa Cruz, UBS Nova Cidade, UBS Floresta); 

• 4º Trabalhadores da atenção primária e CAPS (demais UBS/ESF, CAPS, ACS);

• 5º Trabalhadores de laboratórios públicos e privados que realizam exames/testes para COVID-19; 

• 6º Demais serviços de urgência e emergência (CONSAMU); 

• 7º Demais trabalhadores da Vigilância em Saúde (VISA, ACE, entre outros; 

• 8º Demais serviços públicos hospitalares e ambulatoriais (CISOP, CAE, Regional de Saúde, entre outros); 

• 9º Demais serviços privados hospitalares e ambulatoriais (Hospital Gênesis, Clínicas, Farmácias, entre outros);


Na segunda fase serão imunizadas idosos de 60 a 80 anos seguindo uma ordem de priorização: 

1º De 75 a 79 anos: 4.124 idosos; 

• 2º De 70 a 74 anos: 7.469 idosos; 

• 3º De 65 a 69 anos: 11.088 idosos;

 • 4º De 60 a 64 anos: 14.475 idosos;


A terceira fase irá imunizar pessoas com Comorbidades: 

• Diabetes Mellitus; 

• Hipertensão; 

• Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica – DPOC; 

• Doença Renal; 

• Doenças Cardiovasculares e Cerebrovasculares; 

• Indivíduos transplantados de órgão sólido; 

• Anemia falciforme, Câncer, Obesidade Grave (IMC > 40);

E na quarta fase serão imunizados:

Profissionais da Educação e Assistência Social (12.000 pessoas); 

• Forças de Segurança e Salvamento (1.997 pessoas); • Funcionários do Sistema Prisional (277 pessoas); 

• Pessoas privadas de liberdade (1.200 pessoas); • Pessoas em situação de rua (120 pessoas);

• Pessoas com deficiência permanente severa (2.000 pessoas); 

• Trabalhadores de transporte (3.780 pessoas);

A quarta fase deve atender aos profissionais que trabalham na rede municipal como: 

Profissionais da Educação e Assistência Social (12.000 pessoas); 

• Forças de Segurança e Salvamento (1.997 pessoas); 

• Funcionários do Sistema Prisional (277 pessoas); 

• Pessoas privadas de liberdade (1.200 pessoas); 

• Pessoas em situação de rua (120 pessoas); 

• Pessoas com deficiência permanente severa (2.000 pessoas); 

• Trabalhadores de transporte (3.780 pessoas);


Veja o plano completo aqui: PLANO MUNICIPAL DE VACINACAO COVID-19.pdf

© Copyright 2023 Grupo Tarobá