Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Atleta londrinense bate recorde sul-americano e garante índice para Mundial

13/06/22 às 10:49 - Escrito por Redação Tarobá News

Tatiane Raquel Silva, da equipe Londrina/FEL/IPEC, brilhou na disputa do British Miler Club International, disputado no Wodside Stadium de Watford, na Grã-Bretanha, no último final de semana.

Atual campeã brasileira e sul-americana da prova, a londrinense venceu os 3000 metros com obstáculos e, de quebra, anotou os novos recordes sul-americano e brasileiro: 9min24seg38. A marca também é índice exigido pela World Athletics para o Campeonato Mundial do Oregon, nos Estados Unidos, de 15 a 24 de julho.

“Ainda anestesiada, parece um sonho. Mais um objetivo alcançado, mais uma etapa concluída, foi demais. Entrei na prova com a intenção de bater o recorde brasileiro novamente, mas saiu muito melhor do eu imaginava.  Recorde sul-americano, índice para mundial, estou muito feliz. Só tenho a agradecer a todos que sempre acreditam em mim”, falou a atleta.

A marca também estabelece também novo recorde da competição, que era de Julia Checkwel, desde 2015, com 9:48.01.

Nascida em Londrina, Tatiane melhorou o recorde sul-americano de 9:25.99, que pertencia desde a final do Mundial de Londres-2017 à argentina Belén Casetta. Já o recorde brasileiro era da própria atleta brasileira com 9:36.43, tempo obtido nas eliminatórias dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2021. Já a marca mínima exigida para o Mundial é de 9:30.00.

No último dia 3, ela foi a quinta colocada no Meeting Europeu de Manchester, também na Inglaterra. Tatiane integra a delegação brasileira que participa de uma temporada de treinos e competições na Europa, em busca de preparação e pontuação para o ranking mundial. Antes de voltar ao Brasil, a londrinense ainda entra na pista mais uma vez, no dia 18, para uma competição local em Madri (Espanha). Entre os dias 22 e 25 deste mês ela defende seu título no Troféu Brasil, no Rio de Janeiro.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá