COI vai avaliar ao longo de quatro semanas adiamento de Olimpíada de Tóquio

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 22/03/2020 às 16:11

O Comitê Olímpico Internacional (COI) vai avaliar o adiamento da Olimpíada de Tóquio ao longo de quatro semanas de negociações. O anúncio das negociações foi feito neste domingo, em meio a críticas crescentes de atletas e autoridades esportivas durante a pandemia de coronavírus.

A consulta às autoridades públicas japonesas e às autoridades esportivas globais tratará do "planejamento de cenários" para os Jogos Olímpicos, marcados para 24 de julho a 9 de agosto, disse o COI. "Esses cenários estão relacionados à modificação dos planos operacionais existentes para os Jogos iniciarem em 24 de julho de 2020 e também para alterações na data de início dos Jogos", disse o comitê, em comunicado, acrescentando que "o cancelamento não está na agenda".

A mudança de estratégia veio após uma teleconferência do presidente do COI, Thomas Bach, com os membros do conselho executivo. Bach sempre disse que os organizadores estão totalmente comprometidos em abrir os Jogos em 24 de julho - apesar de treinamento de atletas, eventos de qualificação e preparativos para os Jogos terem sofrido interrupções por causa do surto do coronavírus. Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 27-05-2020 10:01

Trump diz que está disposto a mediar disputa sobre fronteira entre China e Índia

Trump diz que está disposto a mediar disputa sobre fronteira entre China e Índia

Mundo | 27-05-2020 07:57

Mesmo com veto de viajantes, diplomata brasileiro diz que País é grato aos EUA

Mesmo com veto de viajantes, diplomata brasileiro diz que País é grato aos EUA

Mundo | 26-05-2020 19:10

Trump: Podemos ter vacina para coronavírus em breve

Trump: Podemos ter vacina para coronavírus em breve

Mundo | 25-05-2020 20:40

MP da Venezuela pede que partido de Guaidó seja declarado grupo 'criminoso'

MP da Venezuela pede que partido de Guaidó seja declarado grupo 'criminoso'

PUBLICIDADE