Petróleo: novos cortes são necessários para que os preços voltem a subir

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 15/06/2017 às 10:45

A Energy Aspects reduziu sua estimativa para os preços do barril de petróleo no terceiro trimestre em US$ 8, para US$ 53. A consultoria ponderou que novos cortes são necessários por parte da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para que os preços voltem a subir.

"Somente se a Opep apresentar cortes mais profundos - o que é possível - ou se as interrupções imprevistas forem elevadas é que vamos começar a ver uma elevação sustentável nos preços", disse. A consultoria argumentou também que a recuperação na produção da Nigéria e Líbia são fatores importantes no desequilíbrio do mercado, uma vez que está prejudicando os cortes feitos pela organização.

Ainda sobre o tema, Daniel Yergin, vice-presidente da IHS Markit, disse que os cortes feitos pela Opep vão demorar mais do que o esperado para reorganizar o mercado.



Relacionados

Mundo | 14-08-2018 21:30

2,3 milhões de pessoas deixaram Venezuela desde junho fugindo da crise, diz ONU

2,3 milhões de pessoas deixaram Venezuela desde junho fugindo da crise, diz ONU

Mundo | 14-08-2018 16:50

Vídeo mostra desabamento de ponte de 100 metros de altura na Itália

Vídeo mostra desabamento de ponte de 100 metros de altura na Itália

Mundo | 14-08-2018 16:15

Operário morre em obra de estádio da Copa do Mundo de 2022

Operário morre em obra de estádio da Copa do Mundo de 2022

Mundo | 14-08-2018 11:10

Autoridades já confirmam 22 mortos e 8 feridos em queda de ponte na Itália

Autoridades já confirmam 22 mortos e 8 feridos em queda de ponte na Itália