Polícia Civil vai ouvir testemunha de acidente que provocou a morte de pai e filha

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 27/04/2020 às 16:18

Foto: PRF

O delegado Marcus Felipe de Apucarana confirmou na manhã desta segunda-feira (27), que a Polícia Civil vai ouvir uma testemunha do acidente que provocou a morte de pai e filha. A batida envolveu dois carros e aconteceu na BR-369 no domingo (26). 

LEIA MAIS:

A criança de um ano e oito meses, Alice Vitória dos Santos morreu na hora. Ela estava devidamente na cadeirinha, porém a colisão foi muito violenta. A garotinha estava no gol, com a família. O pai dela, Luiz Paulo dos Santos Araújo de 31 anos foi socorrido e levado ao Hospital da Providência, porém não resistiu aos graves ferimentos e também morreu. 

O homem de 27 anos que estaria conduzindo a BMW e que fugiu do local, foi encontrado na tarde de domingo em uma chácara na região Vila Rural Nova Ukrânia. 

Conforme a polícia ele negou que estava dirigindo o carro, mas entrou em contradição durante depoimento. A passageira da BMW que está hospitalizada não teria colaborado com a investigação. "Esse homem está detido e agora de manhã vou ouvir uma testemunha que será fundamental para concluir a investigação. A passageira do carro, no local do acidente teria repassado quem era o motorista, mas depois no hospital ela teria voltado atrás e não repassou quem estava dirigindo, assim que possível vamos conversar com ela, para entender a situação. Mas o suspeito está preso e nesta manhã vamos continuar investigando as circunstâncias do acidente, mas a princípio seria sim esse homem que estava dirigindo o carro," detalha o delegado.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, PRF, a BMW que provavelmente estava em alta velocidade, rodou na pista e atingiu o carro da família. No gol além do pai e filha que morreram, estavam mais uma criança de 25 dias e a mãe, Taiane dos Santos de 29 anos.

Conforme a PRF, o motorista do Gol estava sozinho na frente, a mulher estava com os filhos no banco de trás. As crianças estavam corretamente nas cadeirinhas. As sobreviventes estão em estado grave. 

Ainda de acordo com a PRF, o motorista da BMW dirigia com a carteira de habilitação suspensa. Em maio de 2017, ele havia sido flagrado pela PRF também na BR-369 por embriaguez ao volante, após um acidente em Cambé. Uma pessoa também morreu na época.

Fonte: TN Online



Relacionados

Londrina | 07-07-2020 17:03

Abrasel prevê que metade dos bares e restaurantes não deve sobreviver à nova quarentena em Londrina

Abrasel prevê que metade dos bares e restaurantes não deve sobreviver à nova quarentena em Londrina

Curitiba | 07-07-2020 16:05

CGE reforça trabalho contra corrupção durante a pandemia

CGE reforça trabalho contra corrupção durante a pandemia

Londrina | 07-07-2020 16:01

Buzinaço em frente à Prefeitura pede reabertura do comércio

Buzinaço em frente à Prefeitura pede reabertura do comércio

Paraná | 07-07-2020 15:52

Paraná tem mais 1530 casos de coronavírus e 31 mortes

Paraná tem mais 1530 casos de coronavírus e 31 mortes