Linha 4

Publicidade

Produtores precisam definir como recolher Funrural em janeiro

Sirlei Benetti

Os produtores rurais precisam escolher neste mês de janeiro a forma que desejam recolher o Funrural (Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural) em 2021, conforme mudanças estabelecidas na Lei Federal 13.606/2018. Há duas opções: desconto na folha de pagamento ou sobre a comercialização dos produtos. “A nossa orientação é que os produtores procurem o nosso sindicato, ou o sindicato rural mais próximo, para fazer a análise de qual das condições de recolhimento é mais vantajosa, de acordo com seu caso específico. Estamos aqui para ajudar nessa escolha”, explicou o diretor secretário do Sindicato Rural de Cascavel, Paulo Vallini.

Como apoio, a FAEP (Federação da Agricultura do Estado do Paraná) desenvolveu um simulador para ajudar o produtor rural que tem empregados a escolher a melhor forma de recolher a contribuição. O simulador foi distribuído aos Sindicatos Rurais.

Se optar por contribuir via folha, o valor é de 23% (20% do Funrural e 3% de outros impostos). Caso opte por descontos na comercialização, a quantia é de 1,5% (1,3% de Funrural e 0,2% de Senar).

“Quem não fizer essa escolha automaticamente ela se transforma em desconto via venda de sua produção agropecuária.  Por isso recomendamos que eles nos procurem, porque nem sempre essa é a melhor opção”, complementou Vallini.

Os artigos dos blogs não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor do texto.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade