Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Barracão Tangará traz espetáculos de palhaços neste fim de semana

04/08/22 às 20:05 - Escrito por Redação Tarobá News

Neste fim de semana, a Vila Cultural Barracão Tangará oferece duas apresentações gratuitas de palhaçaria. No sábado (6), às 20h, a Cia. Grita de Palhaças, formada pelas atrizes Juliana Galante (que interpreta a palhaça Adelaide), Mariana Ferrari (palhaça Cora) e Aneliza Paiva (Frida), apresentam o espetáculo “Multidançarinas”, com muita graça e uma coreografia totalmente original. A entrada é gratuita e os espectadores podem dar uma contribuição voluntária para as artistas, caso desejem. O Barracão fica na Rua Augusto Severo, 544, no Bairro Aeroporto.


E, no domingo (7), também às 20h, será a vez do ator cômico argentino Sebastian Godoy encantar a plateia com seu excêntrico personagem “Yo-Yo”. O palhaço brinca com os espectadores, repetindo ao longo de todo o espetáculo que “o show começa em cinco minutos”, e acaba prendendo a atenção da plateia com sua mala e seus passos atrapalhados.


“O ator Sebastian Godoy está participando de vários festivais pelo Brasil, e teremos o espetáculo dele aqui no Barracão também”, comentou o programador cultural da Vila Barracão Tangará, Pedro Giovani Queisada.

Tanto no sábado como no domingo, o Barracão Tangará abrirá às 19h30 para receber o público, e os espetáculos começarão às 20h. Nos dois casos, a entrada é gratuita e aberta a espectadores de todas as idades.


O programador cultural da Vila informou que não é necessário reservar ingressos com antecedência, mas que estes são adquiridos gratuitamente por ordem de chegada. “Temos capacidade para um público de 100 a 120 pessoas”, disse. Uma vez que os lugares acabam, as entradas são encerradas.


Queisada contou que o Barracão voltou a ter atividades presenciais em março de 2022, e que ambos os espetáculos deste fim de semana têm classificação indicativa livre.


A Vila Cultural e as apresentações são patrocinadas pela Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).


Reestreia

Segundo a atriz Aneliza Paiva, que interpreta a personagem Frida na Cia. Grita de Palhaças, o evento deste sábado será a primeira ocasião em que apresentam o show “Multidançarinas” desde o início da pandemia. “Será uma reestreia deste espetáculo. Fizemos pela última vez em 2019, e preparamos algumas novidades para sábado. Dá um ‘frio na barriga’, pois estaremos testando algumas coisas novas”, contou.


As artistas voltaram a realizar apresentações presenciais em março deste ano, com o outro espetáculo que apresentam juntas, chamado “Meta For Mosa”. Durante a pandemia, elas ofereceram oficinas e participaram de mostras e espetáculos de artes circenses somente de forma virtual. “Está sendo muito gostoso esse retorno ao presencial”, comentou Juliana Galante, que faz o papel da palhaça Adelaide.


A atriz Mariana Ferrari, que interpreta a personagem Cora, destacou a importância do contato presencial para a arte da palhaçaria. “É uma arte do encontro. É importante ver a reação imediata do público, ouvir as risadas, saber como estão recebendo a apresentação, ouvir os aplausos”, afirmou. Para ela, a reestreia é também importante por ser a volta do primeiro espetáculo que montaram juntas. “A classificação é livre, então normalmente a plateia é bastante variada”, explicou.


Aneliza Paiva apontou que, por ser uma companhia de palhaças formada por três mulheres, a presença delas pode trazer uma perspectiva diferente para o público. “Procuramos sempre trazer uma leveza com a qual as pessoas possam se identificar. Nossa dramaturgia traz piadas que são feitas à nossa maneira”, afirmou. A artista concluiu dizendo que o retorno presencial tem sido também revigorante para o público.


Sobre os artistas – A Cia. Grita nasceu em 2017, do encontro de Aneliza Paiva, Juliana Galante e Mariana Ferrari, atrizes e palhaças que já trabalhavam de forma individual com pesquisas pessoais sobre palhaçaria. “As Multidançarinas”, espetáculo que estreou em 2017, é o primeiro da Cia. e foi apresentado durante 15 dias no Festival de Teatro da Caixa Cultural, em Bauru, em 2018. Em seguida, com apoio do Promic, estrearam a apresentação “Meta For Mosa”, fruto de pesquisa que durou um ano, com direção da atriz, palhaça e diretora Adelvane Néia. O espetáculo estreou em novembro de 2019, com o tema e pesquisa voltados para a palhaçaria feminina. Em 2020, as artistas participaram de mostras virtuais.


Sebastian Godoy começou a sua formação como ator e palhaço enquanto cursava Biologia Marinha, em 2003. Deu sequência à formação em teatro, dança, palhaçaria, máscaras e circo em Buenos Aires. Com o espetáculo solo “Yo-Yo”, participou de diversos festivais no país e no exterior. Fundador da Compañía de Humor y Teatro Los Bla Bla, em 2010 foi selecionado pelo Cirque du Soleil, onde fez parte do programa PPP – programa de preparação de performance, para estar no show “Crystal” e, em 2018, fez parte do espetáculo “O homem que perdeu a sombra” no Teatro Cervantes, em Buenos Aires. Atualmente, dá aulas de palhaçaria para crianças e adultos em diferentes escolas da Argentina.


Um trecho de “Multidançarinas” está disponível neste link . Também é possível assistir um pouco da atuação do personagem “Yo-Yo” neste link .

© Copyright 2022 Grupo Tarobá