Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Saúde acende alerta para aumento dos casos de Covid-19 em Londrina

18/11/22 às 18:42 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Com o aumento do número de casos de Covid-19 em Londrina, a Secretaria Municipal de Saúde acendeu um alerta, mas ainda não fala em possíveis restrições. A pasta garante que não há motivo para pânico, e sim para atenção, reforçando que a melhor alternativa para a redução dos números é a vacinação.


Nesta sexta-feira (18), Londrina divulgou o boletim de Covid-19 da Saúde, que registra 419 casos confirmados da doença. Na semana anterior, a secretaria havia divulgado 78 novos casos, o que representa um aumento de 437% em sete dias.


Além dos novos casos, o boletim informou mais uma morte, totalizando 2.621 óbitos pela Covid-19 no município.

Leia mais:

Imagem de destaque
871 CONFIRMAÇÕES

Regional de Londrina é líder em casos de dengue no Paraná, segundo boletim

Imagem de destaque
PROTEJA-SE

Saúde disponibiliza novas doses da vacina bivalente para grupos prioritários

Imagem de destaque
REDE PÚBLICA

Criança terá que esperar por consulta com cardiopediatra até março de 2024

Imagem de destaque
EXPECTATIVA EM ALTA

Secretaria de Saúde entrega mais de 200 aparelhos auditivos em Londrina


Segundo o secretário de Saúde, Felippe Machado, é fundamental que as pessoas se vacinem. “A gente precisa, nas próximas semana, aumentar o número de londrinenses vacinados, seja com a quarta dose que acabamos de liberar, seja terceira dose de quem está em atraso ou até mesmo as pessoas que não começaram o protocolo vacinal, para não correr o risco de uma nova onda de Covid na cidade”, afirmou.


Por conta deste aumento de casos, o HU (Hospital Universitário) de Londrina decidiu em reunião nesta sexta-feira (18), que a instituição adotará novos procedimentos de atendimento, ou seja, um novo protocolo.

O HU apresentou um novo cenário na pandemia de Covid-19: o número de casos positivos entre funcionários, que estava perto de zero, voltou a crescer. Ao todo, cerca de 35 colaboradores estão infectados com o vírus. 


O hospital está em alerta e se prepara para receber pacientes em um possível aumento de casos, mas ressalta que a situação não é alarmante e, por isso, ainda não se faz necessária a aplicação de medidas mais rígidas.


Mutirão da vacinação

Neste sábado (19), das 7h às 19h, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) pretende vacinar 10 mil pessoas com mais de 18 anos. A ação será realizada em forma de mutirão em 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS), de todas as regiões da cidade, e faz parte da imunização da segunda dose de reforço, para a população em geral.


Aqueles que agendaram um horário precisam lembrar de imprimir o comprovante com Código QR, que precisa ser apresentado no dia e local escolhido, e de levar a carteira de vacinação Covid-19 e um documento de identificação com foto, que pode ser o RG ou a carteira de motorista, por exemplo.


Crianças

A SMS liberou nesta sexta-feira (18) o agendamento da vacinação contra a Covid-19 para crianças com idade a partir de seis meses até menores de três anos. No total, o Município recebeu 790 doses da vacina Pfizer Baby, destinada a esse público-alvo, da Secretaria da Saúde do Estado do Paraná (Sesa).


Neste sábado (19), das 7h às 19h, a SMS realizará uma ação de vacinação para 300 crianças dessa faixa etária no Centrolab (Rua Benjamin Constant, 500). O recebimento das doses pode ser agendado no site da Prefeitura (clique aqui). No ato da vacinação, os pais ou responsáveis devem comparecer munidos de seu próprio documento de identificação e da certidão de nascimento ou RG da criança.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá