Suspensão de aulas em Londrina é prorrogada até 31 de julho

Da Redação
Educação | Publicado em 28/05/2020 às 19:42

Foto: Divulgação

O prefeito Marcelo Belinati (PP) anunciou nova prorrogação da suspensão das aulas da rede de ensino pública e privada, em Londrina. A primeira data de retorno das atividades era para 4 de maio, posteriormente foi adiada para o dia 31 deste mês, e agora ficam suspensas pelo menos até 31 de julho. 

O prefeito explicou que a decisão segue analises do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (Coesp), um comitê local que reúne médicos de diversas especialidades e representantes de serviços da rede pública e privada, para analisar e definir as estratégias a respeito do coronavírus. Com isso, as crianças continuam estudando em suas casas por meio de atividades disponibilizadas na internet. 

O chefe do executivo ressaltou por meio das redes sociais que a decisão acontece para proteger dos estudantes e funcionários das unidades. "Nossa decisão é para preservar a vida e a saúde dos estudantes, educadores e funcionários dos estabelecimentos de ensino. Nossa prece para que Deus proteja nosso povo, iluminando os cientistas e pesquisadores para que encontrem urgentemente a vacina que destrua a Covid 19", afirmou. 



Relacionados

Londrina | 01-07-2020 07:57

UEL divulga 2ª lista de vagas remanescentes

UEL divulga 2ª lista de vagas remanescentes

Cascavel | 30-06-2020 13:30

Em Cascavel, tem colégio com só 60% de adesão às aulas online

Em Cascavel, tem colégio com só 60% de adesão às aulas online

Londrina | 29-06-2020 17:46

UEL divulga 2ª chamada das vagas remanescentes nesta terça

UEL divulga 2ª chamada das vagas remanescentes nesta terça

Educação | 29-06-2020 13:13

Paraná vira referência nacional em educação a distância

Paraná vira referência nacional em educação a distância