Linha 4

Publicidade

Mostra Música na Biblioteca inicia programação on-line na sexta-feira

Redação Tarobá News

Foto: Divulgação

Será realizada, nesta sexta-feira (4), às 18h30, a apresentação inaugural da programação on-line do projeto Música na Biblioteca, presentando o público com um concerto da Orquestra de Câmara Solistas de Londrina. O evento de abertura traz a série “Encontro dos Séculos – de Bach a Piazzolla”, com interpretações de obras de Bach, Albinoni, Boccherini, Mozart, Strauss e Piazzola, sob direção artística do violinista e regente Evgueni Ratchev. O concerto foi gravado, em novembro de 2020, na Paróquia Nossa Senhora da Paz. A transmissão será disponibilizada, via YouTube, pelo canal Bibliotecas Públicas Municipais de Londrina.

No início da transmissão de estreia, haverá uma abertura ao vivo, com a participação do secretário municipal de Cultura, Bernardo Pellegrini; da coordenadora da Mostra de Música de Câmara de Londrina, Irina Ratcheva; e da coordenadora de Atendimento, Programação e Extensão, da Secretaria Municipal de Cultura, Tatiane Batista dos Santos.

A programação do Música na Biblioteca, totalmente virtual e gratuita, é uma iniciativa da Biblioteca Pública Municipal de Londrina, juntamente com a Mostra de Música de Câmara, que conta com patrocínio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Uma agenda especial será realizada, de junho até dezembro de 2021, promovendo recitais com músicos de renome, concertos comentados, workshops, entrevistas, conversas sobre música e apresentações comemorativas das temporadas já realizadas. As transmissões irão ocorrer, duas vezes por mês, sempre às sextas-feiras, às 18h30, até dezembro deste ano.

A ideia do novo projeto on-line surgiu após a Mostra de Música de Câmara já ter realizado alguns eventos deste projeto na Biblioteca Municipal, em ações presenciais, e também por conta do momento de pandemia, que impossibilita a realização de concertos ao vivo. Os canais virtuais irão disponibilizar conteúdos diversos, com eventos ao vivo e outros já gravados, oferecendo conhecimentos sobre o universo da música erudita e popular, concertos dedicados à história da música brasileira, apresentações de artistas que vêm se destacando pela performance, além de conversas sobre os compositores que marcaram a trajetória do mundo musical.

A coordenadora de Atendimento, Programação e Extensão, da Secretaria Municipal de Cultura, Tatiane Batista dos Santos, enfatizou que a diversidade de público que as plataformas digitais podem alcançar é uma das grandes vantagens, já que os conteúdos estarão abertos gratuitamente tanto para os londrinenses quanto para pessoas de qualquer parte do mundo. “A iniciativa é importante para continuar formando plateias e levar eventos de qualidade, entretenimento e lazer para quem está mais em casa por conta da pandemia. A Biblioteca Municipal tem seu papel cultural e esse projeto vem para oferecer mais uma opção, com foco na linguagem musical. Com isso, passa a integrar uma agenda on-line que hoje conta com palestras e debates do projeto Literatura na Biblioteca, contação de histórias, além da divulgação de eventos, cursos e outras agendas nas redes sociais”, frisou.

Irina Ratcheva, coordenadora da Mostra de Música de Câmara, que está em sua 10ª temporada, expressou satisfação e otimismo ao falar sobre esse projeto, em parceria com a Biblioteca. “É uma enorme felicidade estreitar a parceria da Mostra de Música de Câmara com a Biblioteca Pública Municipal, levando ao público uma série de atrações virtuais. Depois da suspensão de todos os eventos na cidade, por causa da pandemia de Covid-19, a Mostra no formato on-line teve início em 2020 e, de lá para cá, buscamos trabalhar para nos adaptarmos aos novos tempos e continuarmos levando música de qualidade para todos”, destacou.

A Mostra de Música de Câmara tem o patrocínio do Promic e é uma iniciativa realizada pela Artis Colegium Associação Cultural.

Solistas de Londrina – A Orquestra contabiliza mais de 450 concertos realizados desde a sua fundação, participações em festivais de música, circuitos nacionais e estaduais, sete álbuns gravados e vários prêmios nacionais. O grupo atua no cenário nacional erudito e desenvolve seus projetos com o objetivo de executar música de qualidade e, ao mesmo tempo, participar de um movimento que descentraliza o acesso à cultura para formar novos públicos. É considerado um dos grupos camerísticos mais conceituados do país. Em seu repertório, amplo e original, constam grandes obras de compositores brasileiros e internacionais. Desenvolve um projeto inédito no Brasil de registro fonográfico de obras de compositores brasileiros, denominado Retratos Brasileiros.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade