Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

PCPR cumpre mandados por fraude em licitação e adulteração de entrega de mercadoria a Sanepar

11/06/24 às 10:06 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) deflagrou uma operação para cumprir 16 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a uma associação criminosa responsável por fraude à licitação e adulteração e entrega de mercadoria da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). A ação aconteceu na manhã desta terça-feira (11), em Curitiba, São José dos Pinhais, Araucária e Pinhais, na Região Metropolitana.


A delegada da PCPR, Waleska Souza Martins, explica que, através de uma complexa investigação, foi possível identificar os suspeitos e a forma como agiam.


“Evidenciou-se, na linha de investigação, uma associação criminosa integrada por pessoas de uma mesma família, que constituíam diversas pessoas jurídicas para participação em processos licitatórios promovidos pela Sanepar”, afirma a delegada. 

Leia mais:

Imagem de destaque
VEJA ORIENTAÇÕES

Copel orienta sobre cuidados para garantir a segurança ao soltar pipas

Imagem de destaque
INVESTIMENTOS

Estado investe R$ 100 milhões em vigilância em saúde e combate à dengue no semestre

Imagem de destaque
POSITIVIDADE DE 50%

Em seis meses, Lacen processa 13.298 amostras de vírus respiratórios

Imagem de destaque
RMC

Homem promete casamento, mas dá prejuízo de quase meio milhão para vítima


Após vencerem os certames, na fase de execução do contrato administrativo firmado, as supostas empresas não entregavam os materiais ou entregavam com qualidade inferior à prevista no edital.


A Sanepar aplicava as sanções administrativas cabíveis à empresa envolvida, como a penalidade de suspensão temporária de participação em licitações e o impedimento de contratar com a administração. O grupo criminoso, então, constituía uma nova pessoa jurídica, aparentando ser uma entidade diversa, para continuar a prática ilícita, o que ocorreu em diversas oportunidades.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá