Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Cascavel recebe uma belíssima ajuda do Azuriz

04/07/22 às 09:53 - Escrito por Luciano Neves

O técnico Tcheco repetiu inúmeras vezes que o Grupo A8 da Série D do Campeonato Brasileiro é um dos mais difíceis da competição. Equilibrado sim, mas difícil, nem tanto. Isso porque é a única chave que tem três times matematicamente classificados para a a segunda fase restando duas rodadas para o fim da fase inicial. O Cascavel está tendo dificuldades sim, mas é o próprio time do técnico Tcheco que está se impondo estas dificuldades.


Apesar de todos os contratempos, o Cascavel deve ficar com a quarta vaga nesse grupo, isso porque, recebeu uma belíssima ajuda do líder Azuriz. O time de Tcheco é que não se ajuda. O ataque da Serpente Aurinegra não balança as redes há três jogos na Série D. No returno, a equipe somou apenas cinco pontos de quinze disputados. Na abertura da antepenúltima rodada no fim de semana, empatou em 0 a 0 com o São Luiz, em Ijuí. Em termos de campeonato, o pontinho somado fora de casa pode ser comemorado. No entanto, pelas circunstâncias da partida, o Cascavel poderia ter voltado para casa com três pontos e hoje estaria matematicamente classificado.


No entanto, a rodada foi boa para o Cascavel. Depois de empatar em 0  a 0 com o São Luiz no sábado, o líder Azuriz derrotou o Marcílio Dias por 1 a 0, em Santa Catarina, no domingo (03). Com este resultado, o Azuriz manteve a liderança isolada com 24 pontos e se classificou de forma matemática para a próxima fase. Aimoré e Caxias se beneficiaram da derrota do Marcílio Dias, empataram o duelo gaúcho em 1 a 1, também no domingo, e estão garantidos no mata-mata. Os gaúchos têm 21 pontos, sete a mais que Marcílio Dias e São Luiz. Na próxima rodada, a penúltima, o Cascavel recebe o Marcílio Dias, no Estádio Olímpico, e só precisa de um empate para confirmar a classificação. Ou seja, nesse grupo resta apenas uma vaga que será disputada por Cascavel, Marcílio Dias, São Luiz e Juventus, que fecha a rodada nesta segunda (04) contra o Próspera e tem remotas chances de se classificar. Para isso terá que vencer o rival de Santa Catarina. Aliás, o Juventus precisa vencer os três jogos que restam e torcer para o Cascavel seja derrotado nos dois últimos jogos. 


O fato é que apesar do mau momento e do jejum de gols, o Cascavel deve ser o quarto classificado. Mas precisa voltar a vencer para melhorar a posição na tabela. Do contrário, terá um adversário complicado na segunda fase. Hoje, enfrentaria o classificado São Bernardo, líder do Grupo A7 e dono da terceira melhor campanha da Série D.

Classificados

Azuriz deu uma ajudinha ao Cascavel nesta rodada. - Foto: Davi Lopes/CNMD

Ainda restam duas rodadas para o fim da primeira fase da Série D do Brasileiro. Até agora, doze equipes estão matematicamente classificadas. No Grupo A1, o líder Amazonas, com 25, e o vice-líder Rio Branco-AC, com 22 pontos, garantiram a vaga. Já no Grupo A2, por enquanto, apenas o líder Moto Club, do Maranhão, que tem 25 pontos, garantiu a vaga. No Grupo A3, duas vagas já estão ocupadas: o líder Retrô, com 27 pontos, e o vice-líder Souza da Paraíba com 23. O Grupo A5 também tem duas vagas preenchidas. O Brasiliense é o time de melhor campanha na primeira fase com 31 pontos e o Anápolis com 24. No Grupo A7, que tem os dois times paranaenses, um deles está garantido. O Paraná Clube é o segundo colocado com 22 pontos, atrás do líder São Bernardo, que tem 26. Nessa chave, o Cianorte foi derrotado pelo Oeste por 2 a 1 em casa e se complicou na competição. É o sétimo colocado com onze pontos, três a menos que o Oeste, quarto colocado com 14, e que Nova Iguaçu, que também tem 14. Por fim os três classificados do Grupo A8: Azuriz, Caxias e Aimoré.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá