Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Bactéria Legionella é causa de surto de pneumonia na Argentina; OMS monitora

04/09/22 às 16:53 - Escrito por Band
siga o Tarobá News no Google News!

A bactéria Legionella foi identificada como a causa de um surto de pneumonia bilateral na Argentina. A informação foi confirmada pelo Ministério da Saúde do país. 


A OMS e a Organização Pan-Americana da Saúde estão investigando o surto e auxiliando as autoridades locais de saúde nas investigações.


O surto já teria provocado quatro mortes. Outras onze infecções estão sendo monitoradas. Os sintomas incluem febre, dores musculares e abdominais, diarreia e falta de ar. 

Leia mais:

Imagem de destaque
DIA MUNDIAL DA ÁGUA

Itaipu leva discussão sobre gestão compartilhada da água para conferência da ONU

Imagem de destaque
FIM DA FESTA

Maior fornecedor de armas e drogas para o Comando Vermelho, é preso em bordel no Paraguai

Josué da Cunha
INTERNACIONAL

Paranaense na Flórida, mostra cenário de destruição durante passagem do Furacão Ian

Jair Bolsonaro ONU
MUNDO

Brasil tem “economia em plena recuperação”, diz Jair Bolsonaro na ONU


Especialistas de saúde estão analisando a água e os aparelhos de ar-condicionado relacionados aos infectados para identificar uma possível contaminação ou envenenamento.


Primeiros casos


Os casos começaram a aparecer entre os dias 18 e 20 de agosto e se mostram como infecções que atingem dos dois lados do pulmão. Testes realizados anteriormente descartaram Covid, influenza e gripe. 


Os relatos estão relacionados com uma clínica médica particular na cidade de San Miguel de Tucumán. Os primeiros doentes diagnosticados foram profissionais de saúde do centro médico.


Das mortes já confirmadas, a mais recente é de uma mulher de 70 anos e que estava internada para operar a vesícula. Ela realizou três operações em um curto espaço de tempo, antes de ser acometida pela doença.


Existe a suspeita que ela seja a paciente zero, mas as investigações epidemiológicas continuam. É preciso saber se a senhora teve contato com as outras vítimas, que trabalham na clínica.



© Copyright 2023 Grupo Tarobá