COI perde patrocinador três anos antes do fim de contrato

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 16/06/2017 às 10:00

Foto: Nick Laham/Staff/Getty Images

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta sexta-feira o fim do vínculo de patrocínio com o McDonald's. O fim foi decidido pela rede de fast-food, que tinha mais três anos de contrato com a entidade internacional.

De acordo com o diretor de marketing do COI, o McDonald's encerrou a parceria por "estar com foco em diferentes prioridades de negócio". Sem revelar detalhes sobre o fim do contrato, ele afirmou que o acordo financeiro de término do vínculo é confidencial.

Patrocinador do COI desde 1976, o McDonald's detinha os direitos exclusivos sobre "serviços de comida por varejo" em eventos da entidade. A última renovação de contrato tinha prazo de oito anos e o vínculo deveria ser encerrado somente em 2020.

A empresa fazia parte do grupo de 13 patrocinadores que seguiria com o COI até os Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang e até a Olimpíada de verão de Tóquio, em 2020.

Fora do COI, o McDonald's seguirá patrocinando diretamente o evento de 2018, detendo os direitos comerciais na Coreia do Sul.



Relacionados

Mundo | 15-08-2018 10:05

Número de mortos em queda de ponte na Itália chega a 39

Número de mortos em queda de ponte na Itália chega a 39

Mundo | 15-08-2018 09:30

Governo da Turquia diz estar "muito desapontado" com postura de EUA sobre pastor

Governo da Turquia diz estar "muito desapontado" com postura de EUA sobre pastor

Mundo | 15-08-2018 02:25

Turquia impõe tarifas a determinados produtos importados dos Estados Unidos

Turquia impõe tarifas a determinados produtos importados dos Estados Unidos

Mundo | 14-08-2018 21:30

2,3 milhões de pessoas deixaram Venezuela desde junho fugindo da crise, diz ONU

2,3 milhões de pessoas deixaram Venezuela desde junho fugindo da crise, diz ONU

PUBLICIDADE