Maduro diz que metade dos homens que atacaram base militar estão foragidos

Estadão Conteúdo
Mundo | Publicado em 06/08/2017 às 18:05

Foto: divulgação

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse hoje que 10 homens escaparam depois do ataque fracassado contra uma base militar do país, e que as autoridades estão em busca deles.

Maduro afirmou que 20 homens entraram no forte Paramacay, em Valência, nesta madrugada e que os guardas foram pegos de surpresa pelos intrusos, que conseguiram alcançar o fornecimento de armas da base.

O presidente disse que soldados lutaram contra os intrusos até às 8h deste domingo e que dez escaparam enquanto outros dois foram fatalmente baleados. Um terceiro está ferido e outros sete foram capturados.

O governo afirma que dos 20 intrusos, apenas um já foi membro do exército. Os demais seriam civis com uniformes militares. Maduro alega que o ataque foi pago por líderes opositores que estão em Miami e na Colômbia. Fonte: Associated Press.



Relacionados

Mundo | 20-05-2018 22:30

Japão: exportações sobem 7,8% em abril ante abril/2017; previsão de +8%

Japão: exportações sobem 7,8% em abril ante abril/2017; previsão de +8%

Mundo | 20-05-2018 19:05

Iraque: al-Sadr diz que próximo governo do país será "inclusivo"

Iraque: al-Sadr diz que próximo governo do país será "inclusivo"

Mundo | 20-05-2018 18:45

Maduro exorta venezuelanos a irem às urnas nas últimas horas do pleito

Maduro exorta venezuelanos a irem às urnas nas últimas horas do pleito

Mundo | 20-05-2018 18:05

Venezuela: após reclamações, conselho eleitoral fala em "correções"

Venezuela: após reclamações, conselho eleitoral fala em "correções"